MINA DE OURO NO JOAQUINZÃO

No Joaquinzão, além da existência de uma mina de água potável, que serve todo o estádio e sede social, também existe uma rica mina de talentos.

dente de leite 1

Em busca de novos talentos, o E. C. Taubaté sempre manteve sua Categoria de Base em plena atividade. Em alguns gestões com maior apoio, outras não.

Mas a verdade é que, especialmente entre os anos 80 a 87 o trabalho se destacou. A Diretoria proporcionou total apoio e melhor estrutura. Com isso, os resultados positivos surgiram com inúmeras revelações de  atletas para a equipe profissional.

Deente de Leite 1980 cópia

Essa força máxima brilhou no ano de 1983, quando o Dr. Willian Beny Bloch Telles Alves, assumiu a presidencia do clube, tendo ao seu lado, o vice Reinaldo Carneiro Bastos, Brasil Natalino, Giuseppe Del Vecchio, Antonio Roberto Paolicchi, Otávio Alves Correa, Carlos Garcia, José Diniz Junior e outros mais, que sempre apoiavam as categorias de base. Essa diretoria resolveu colocar em pratica no Departamento de Futebol Amador do clube, um projeto audacioso e revolucionário para aquela época,.

Já se dedicando em anos anteriores, foi mantido o grande incentivador Carlos Garcia, o mesmo artista que trabalhava com Mazzaropi. José Flavio Matia Bueno, cirurgião dentista de respeito na cidade, também abraçou o projeto e muito fez pela saúde dos meninos. José Diniz Junior que comandava o Departamento de Esportes do Taubaté Coutry Club – TCC, foi chamado para assumir do Departamento Amador. Outro baluarte que participou de maneira efetiva, foi Alberto Nogueira da Silva, empresário oriundo de Sergipe que veio à trabalho na cidade, onde gerenciava uma empresa de ônibus. A dedicação foi tanta que logo assumiu a Diretoria Financeira do clube. Também fazia parte Odorico Passarelli e outros que talvez no momento não me recorde.

Estruturada a parte diretiva, nomes para comandar os trabalhos no gramado foram surgindo e com sucesso. Como o convite feito ao ex-atleta Piorra, campeão pela equipe em 1979, para ser o treinador da equipe Junior. Prof. Mauro Peterson, formado em educação física, foi convidado para  assumir a preparação física das categorias e logo assumiu a função na equipe profissional do E. C. Taubaté. (Prof. Mauro, hoje vive com muito sucesso em Portugal), prof. Tadeu Ramos, Prof. André etc.

O sucesso dos trabalhos incentivavam novos garotos a procurar o clube, foi quando a diretoria resolveu formar não só uma forte equipe de juniores, mas também  juvenil, infantil e dente de leite (mirim). Novos profissionais chegaram como Paulinho Bianchi, o professor James Alegre Cardoso, André Luiz Manz.

Novos talentos, eram descobertos pelo olheiro do clube,  João Moreira da Silva, o Moringueira, recentemente  homenageado pelo E. C. Taubaté. Não poderia deixar de citar também os grandes colaboradores que fizeram história no clube, o administrador Joaquim Moreira, o Moreirinha, Dr. Ângelo Barrichello, Bento Calil, os massagistas João Batista dos Santos, Rubens Madei Abrahão o Croco e o supervisor Paulo Gomes de Carvalho, o Paulinho tio chico, como é conhecido, José Cesário de Oliveira, treinador Cesário, também recentemente  homenageado pelo E. C. Taubaté, sr. Sebastião, roupeiro, conhecido por Tião e outros.

Já no ano de 1984, a equipe infantil, comandada por Paulinho Bianchi, chegou a fase nacional. Nesse mesmo ano, a equipe dente de leite, se sagrou campeã do Vale do Paraiba, ganhando o direito de disputar os jogos em Americana, onde ficou com a honrosa 3ª colocação.

1985, A GRANDE RECOMPENSA.

A equipe de juniores do E. C. Taubaté, depois de uma brilhante campanha, foi campeã da segunda divisão com grande destaque no estado de São Paulo. Foram 12 vitórias, 1 empate e apenas 1 derrota. O ataque marcou 35 gols, sofrendo  apenas 6. O atacante Toninho foi o artilheiro da equipe com 12 gols. Essa mesma equipe já havia conquistado o bi campeonato  dos Jogos Regionais  realizados em Taubaté e Cruzeiro, além de medalha de Bonze com o terceiro lugar nos jogos Abertos que aconteceu na cidade de Santo André

1985 cópia

Registro feito em 22.12.1985, no Estádio do Morumbi, com mais de 100 mil torcedores, preliminar do 2º jogo da decisão do campeonato paulista de 1985 entre São Paulo FC 2 X 1 Portuguesa Desportos – foto: José Diniz Jr

Muitos atletas foram revelados. Vários promovidos a profissionais na equipe principal do E. C. Taubaté, além de defender outras equipes paulistas e até do exterior.

Equipe campeão de 85 no Joaquinzão

A grande safra colhida nos anos 80 marcaram o E. C. Taubaté como clube de grandes revelações. A partir daí o trabalho não podia mais ser interrompido, e nos anos 90, novas “pratas da casa” surgiram. A maior delas, o artilheiro Gilsinho, que além manter um record de jogos com a camisa profissional do Taubaté, jogou também no exterior, como foi o caso do atleta Rubens Junior, com grande sucesso na SE Palmeira e exterior e outros.

EQUIPE JUNIORES 1987

Após confirmar definitivamente como sede na Copa São Paulo, no final dos anos 90 e  início de 2.000, o E. C. Taubaté voltou a dar mais atenção as equipes de base. Novo talentos continuaram a surgir,  e vários deles se destacando durante a realização da Copa São Paulo de Futebol Juniores, como os dois últimos, Gabryel Monteiro atualmente na Áustria e Dodo que está sendo negociado pelo Coritiba com o Schalke 04, da Alemanha.

Vamos relembrar alguns nomes de atletas formados nas categoria de base do E. C. Taubaté, que em sua grande maioria se profissionalizaram e defenderam o Burrão, outros clubes do interior paulista e no exterior, tem do como referência o ano de 1983 como ano de partida.

Odair, Bino, Marcelo Martelotti, Rodney, Amaury, Éder Batata, Zé Eduardo, Gilsinho, Rubens Junior, Sandro Fonseca, Toninho Taino, Maicon, Golias, Edsinho, Gugo, Carlos Augusto, Zeno, Marcelo Sclapes, Carlão,  Carlos César, Silvinho, Magia, Zé de Moura, Wanderley, Edinho, Marcão, Jéferson, Neto,  Miguelzinho, Igor, Silvio Ferro, Luiz Henrique (marimbondo), Fábio, Guina, Jorge Café, Miguel, Irineu Pompeu, Altair, Paulo Castilho, Pedrinho, Capone, Neto, Edinho, Cesinha, Leandro, Ricardo Vila, Davi, Bassay, Jecy, Dirley, Fred, Dinei, Gisiel, Pedro Bacha, Reginaldo, Eric, Willames, Moradei, Jordan, Cesinha, Lúcio, Gabriel Portela, Luiz Guilherme, Yuri, Serginho, Bruno Zandonadi, Eber, Patrik, Sandrinho, Samuel, Fabinho, Luciano Henrique, Ninão, Dodo, Léo Turbo, Raí,  Gabryel Monteiro, Juh, Eduardo.

NO EXTERIOR

Dentre eles, alguns chegaram a fazer sucesso em equipes fora do Brasil, como:

Gilsinho, que desde 1990, iniciou na equipe mirim do E. C. Taubaté, permaneceu na base até 1996 quando já passou a defender a equipe profissional, apesar de ainda junior.  Em 1997, despertou interesse nos dirigentes do Santo André que contratou o atleta revelação, para a disputa da Taça São Paulo; Em 1998, voltou ao Taubaté equipe que defendeu por várias temporada ( 2002, 2004, 2009, 2009, 2011), jogo também com as cores do São Bento, Londrina. Levado pelo agente FIFA Gugo para a China, Gilsinho defendeu as equipes do Wuhan em 2005, 2006 e 2007  e  Henan em 2008 onde é reconhecido e respeitado até os dias de hoje. Em Taubaté, Gilsinho é ídolo junto aos torcedores e atualmente o Presidente da Diretoria executiva do Burrão.

Rubens Junior, que iniciou nas categorias de base do Burrão em 1995, subiu rápido para a equipe profissional do E. C. Taubaté, defendendo na sequencia o Bragantino, Guarani, Coritiba, Atlético Paranaense, Atlético Mineiro, Palmeiras, Corinthians, Vasco  da Gama, Botafogo. No exterior vestiu as camisas do Porto e Vitória de Guimarães de Portugal.

Luciano Henrique outro atleta que brilhou nas categorias de base do E. C. Taubaté, no gramado do Joaquinzão. Depois de se destacar nas categorias de base do foi profissionalizado em 1998 disputando a Série A3 pelo Burrão, onde permaneceu por três anos. A equipe do Juventus da capital paulista mostrou interesse no meia e o levou para o campeonato de 2001. Com passagens pelo Guaratinguetá, Atlético de Sorocaba, em 2003 foi defender o Santos FC. Em 2007 se transferiu para o Sport Recife e em grande faze técnica e física, ganhou a simpatia dos torcedores do Leão, sendo tri campeão pernambucano em 2007/2008/2009, sendo o autor do segundo gol da vitória por 2X0 no jogo de volta contra o Corinthians, pela final da Copa do Brasil, garantindo o título no saldo de gols. Defendeu ainda o Paisandú, Fortaleza, São Caetano, Santo André e em 2014, voltou a atuar no Taubaté onde encerrou sua brilhante carreira. Mas ainda quando tinha contrato com o Santos FC, Luciano Henrique foi emprestado por uma temporada para defender as cores do Pohang Steelers na Coréia do Sul,

Fabinho, atacante artilheiro, iniciou em  1998 na equipe de juniores do  E.C Taubaté. Em 1999 o Nacional Atlético Clube SP o levou para a disputa da  Copa São Paulo de futebol Junior. Voltou à Taubaté e no ano de 2000, após defender a equipe de juniores na Copa São paulo de Futebol Junior e o Campeonato Paulista Sub-20, foi profissionalizado, disputando a Série A3 em 2001. Na seguinte voltou ao Nacional disputando a Série A2, indo para o exterior em 2003 onde foi vice campeão e artilheiro da série B, pelo Hubei Wuhan na China. Em 2004 foi para a Indonésia ser o artilheiro do time  Deltras Syduajo na série A. Ano seguinte campeão nacional e artilheiro da equipe Persebaya Surabaya também na Indonésia   e em 2006, foi campeão pelo Deltras Sydoarjo. Ano seguinte retornou ao Brasil onde passou pelas equipes da Ferroviária, teno acesso para A2,  e em 2008, voltou ao futebol do exterior, desta vez defender o – Nanchang da China.De 2009 Acesso com o E. C. Taubaté à Série A3,  passou pelo Monte Azul, 2010 novamente Ferroviária, 2011 All Shabab no Kuait, retornou ao E. C. Taubaté e em 2012 jogou pelo E.C Crac de Catalão Goiás  seria A do Goiano.

Dirley, atacante goleador que iniciou carreira nas categorias de base do E. C. Taubaté em 1993, se profissionalizando no Burrão em 96. Seu primeiro titulo veio em 97 defendendo o Taquaritinga  e em 98 pelo Oeste de Itápolis o segundo titulo. Jogou também pelo Uberaba, Goiatuba, Pelotas, retornando ao Taubaté em em 99 onde permaneceu até 202, quando no segundo semestre desse ano foi jogar na China até 2004 d Indonésia em 2005, retornando para o Brasil onde jogou no Rio Preto e XV de Piracicaba.

Bruno Zandonadi revelado e que jogou pelo E. C. Taubaté, depois se transferiu para a  Indonésia. Longe do Brasil, em 2012 infelizmente teve uma morte inesperada. Ele era primo do atleta Ricardo Villa.

Fabio (goleiro)  que também iniciou no infantil do E. C. Taubaté em 1990 com o técnico Cesário, permanecendo até 1996, quando, chamou a atenção do Ituano que o levou por empréstimo para disputar a Copa São Paulo. Retornou ao Taubaté quando foi convocado para a seleção Paulista pelo treinador Adailton Ladeira. No ano seguinte se profissionalizou no Taubaté eem 98  defendeu o Taquaritinga, Velo Clube, Vocen de Assis, Caldense, Rio Preto, Independente de Limeira, Londrina, e em 2006 f=se transferiu para o Tobacco Monopoly da Tailandia, onde foi campeão da Copa Rei. Ainda na Tailandai defendeu o P.E.A da Província Electric Autorithi, entrecerrando em 2010 a carreira como profissional no Taquaritinga.

 Marcão – volante também formado nas bases do E. C. Taubaté, passou pelo profissional do Burrão e em 2007 foi jogar na Tailandia

Leandro – atacante. Outro que surgiu nas categorias de base do E. C. Taubaté, se profissionalizou no clube, defendeu o Burrão e o Rio Preto. Depois foi levado para o futebol do exterior onde atuou na Indonésia e Thailandia.

Silvinho –  Atacante da categoria de base do E. C. Taubaté, se profissionalizou, atuando pelo clube. Defendeu também o XV de Jau, Apucarana, Matonense, Jacarei, Juventus de  Jaraguá do Sul,  onde atualmente reside e possui uma escolinha de futebol. Em   1995, Silvinho atuou no Yamagata do Japão.

Gabryel Monteiro, que inciou no futsal do Corinthians com apenas 3 anos de idade, passou pela Lusa e depois pelo Santos FC. Veio para a equipe sub 15 do E. C. Taubaté em 2014 e depois de disputar a Copa São Paulo de Futebol Junior em 2017 pelo E. C. Taubaté, foi para o Atlético Goianense. Ainda neste ano, quando abriu a janela em junho, Gabryel seguiu para a Autria para defender o Lustenau onde se encontra, ainda em adaptação, mas já chamando as atenções.

Dodô – Agora parece ter chegada a vez da revelação taubateana nos últimos anos, o lateral direito Dodô. Negociado com o Coritiba,  deverá ser anunciado nos próximos dias  sua transferência para o Schalke 04, da Alemanha que ganhou a preferência em relação a uma proposta do Benfica, de Portugal. Dodô tem apenas 19 anos e foi formado na base do E. C. Taubaté. Depois que se transferiu para o coxa branca, já foi convocado para defender a seleção brasileira Sub-17.

Gabryel Monteiro cópia

EM BUSCA DE NOVAS PEDRAS PRECIOSAS

Atualmente o Departamento Amador, que coordena as categorias de base do E. C. Taubaté está desenvolvendo trabalho forte. Nos últimos anos, as equipes sub-20 e sub-17 e sub 15 realizaram campanhas brilhantes nos campeonatos oficiais das categorias, promovidos pela Federação paulista de Futebol. Garantiram ainda medalhas de ouro nos Jogos Regionais.

 Para o ano de 2018, além das categorias sub-20, sub-17 e sub-15, estarão disputando os campeonatos oficiais da FPF, sub 13 e sub 11.

Com objetivo de garantir recursos ao clube formador, a Diretoria do E. C. Taubaté já iniciou o processo para obtenção do Certificado de Clube Formador da Confederação Brasileira de Futebol – CBF.

Atualmente o Clube possui, em plena atividades as categorias sub 20, comandado pelo treinador Harley, Sub-17, com Fred Testa , Sub-15 comandado pelo Kiko, Sub 13 , Luciano Henrique e Sub-11 com Marcelo Xuxa no comando. Marinho Sutani é o Diretor da  Base Sub 20, 17 e 15. Alexandre Kikuchi o Diretor das equipes Sub 13 e 11. Todas elas disputarão os Campeonatos das categorias de 2018, promovidos pela Federação Paulista de Futebol.

A Copa São Paulo de Futebol Juniores de 2018 vem aí, e com certeza, novo talentos estarão brotando da inesgotável mina do Joaquinzão.

A GRANDE AMIZADE

Inúmeros ex-atletas dessa extensa relação, mesmo residindo distante, mantém amizade e contato até os dias de hoje. As redes sociais trouxeram mais facilidade para o contato virtual diário.

E prova disso é que neste último sábado, dia 25, houve o grande encontro de ex-atletas que passaram pelas categorias de base do E. C. Taubaté, com a realização de um churrasco, risadas e muita resenha. Esse é o segundo encontro que tem como organizados o zagueiros Carlão e Ailton Baiano e o volante Sidney Matos.

Vejam algumas fotos desse encontro, que contou também com as presenças do vice presidente do E. C. Taubaté, Eduardo Cursino e do treinador da equipe Alberto Felix. O presidente Gilsinho só não esteve presente por estar em compromisso na cidade de Tremembé, durante a visita do governador do estado de São Paulo Dr. Geraldo Alckimin .

DSCN9050

 

 

5 comentários sobre “MINA DE OURO NO JOAQUINZÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s