Goleira Yolanda supera dificuldades para brilhar em Taubaté

Eleita a melhor goleia do campeonato paulista desta temporada

goleira

Yolanda eleita a melhor goleira do Campeonato Paulista 2018 – foto: Rafael Citro

Em cerimônia realizada nesta segunda-feira (08), no Museu do Futebol, os destaques do Campeonato Paulista Feminino foram premiados. Finalistas, Santos e Corinthians dominaram a seleção, e também receberam seus troféus de campeão e vice, respectivamente. Na seleção o destaque foi a goleira do E. C. Taubaté Yolanda, eleita a melhor na posição em 2018.

O presidente Reinaldo Carneiro Bastos relembrou os primórdios do campeonato “Começamos o Paulista Feminino em 1997. De lá para cá se tornou o mais tradicional torneio do futebol feminino. Nosso objetivo é crescer, incentivar e e promover o futebol feminino. Sentimos essa evolução”, avaliou.

A Seleção do Campeonato, eleita por jogadores e comissão técnica dos oito melhores times do torneio, ficou composta da seguinte maneira:

Goleira: Yolanda ( EC Taubaté)

Lateral direita: Paulinha (Corinthians)

Zagueira 1: Tayla (Santos)

Zagueira 2: Pardal (Corinthians)

Lateral esquerda: Yasmin (Corinthians)

Meia 1: Grazi (Corinthians)

Meia2: Brena (Santos)

Meia 3: Gabi Zanotti (Corinthians)

Atacante 1: Rosana (Santos)

Atacante 2: Letícia (Rio Preto)

Atacante 3: Adriana (Corinthians)

Técnico: Arthur Elias (Corinthians)

O técnico da equipe taubateana,Arismar Junior, por muito pouco  não foi premiado pela Federação Paulista. Ele terminou empatado em primeiro lugar na votação de melhor treinador do Paulista com Arthur Elias (Corinthians), porém o corintiano ficou com o prêmio no critério de desempate escolhido pela FPF.

Arismar

O técnico Arismar Junior ganhou destaque na festa de premiação da FPF – foto: Rafael Citro

Festa taubateana

O Taubaté foi uma das grandes surpresas do Paulista Feminino 2018. Quarto colocado no geral, o time do Vale do Paraíba teve a goleira Yolanda como sua representante na Seleção do Campeonato.

Aos 30 anos, a goleira não escondeu a felicidade de ser eleita a melhor de sua posição no campeonato. “É um momento de muita alegria. Foi através de muitas dificuldades que cheguei até aqui. Agradeço a Deus e toda a comissão que acreditou em mim e me ajudou a chegar aqui”, disse Yolanda.

Natural de Euclides da Cunha-BA, Yolanda falou sobre as dificuldades para iniciar sua carreira. “Eu busco desde os 16 anos. Sou da Bahia, mas lá não tinha oportunidades. Era meu sonho vir para cá para poder jogar em uma equipe, mas meu pai não tinha condições de me trazer. Precisei vir primeiro para trabalhar, e depois tive a oportunidade de jogar no Taboão da Serra em 2010. Cheguei a pensar em parar, mas surgiram as oportunidades e agora estou feliz no Taubaté”, falou ela que está desde 2016 no time do Vale do Paraíba.

Única representante do clube na Seleção, Yolanda agradeceu o staff e as companheiras pela conquista. “É um troféu coletivo. Se não fosse o pessoal de Taubaté acreditar no meu trabalho eu não estaria aqui hoje. É graças a comissão toda e minhas companheiras”, reconheceu.

Classificado para a Série A2 do Campeonato Brasileiro do ano que vem, o Taubaté deverá continuar contando com Yolanda. “Ainda não pintou proposta. Mas pretendo seguir no Taubaté no ano que vem. Vamos disputar a Série A2 do Brasileiro. É meu sonho”, finalizou.

3

E. C. Taubaté a quarta melhor equipe do Feminino Paulista, ganhou direito de disputar a Série A2 do Brasileiro. – foto: Rafael Citro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s