Maciel voltou, Burrão goleou!

MACIEL

O torcedor Maciel com o mascote do E. C. Taubaté nos anos 80 – foto: divulgação

O E. C. Taubaté iniciou a disputa da Série A2 de 2019 jogando fora, em Penápolis. Na segunda rodada jogou diante de sua torcida no Joaquinzão. A vitoria veio com um gol no finalzinho do jogo, mas apesar da importante vitória, faltou algo naquele jogo.

Para a surpresa de todos, no jogo seguinte no Joaquinzão, contra o Sertãozinho, como de costume, quando o Burrão entrou em campo, iniciou a queima de fogos saudando a equipe Alvi azul adentrando no gramado. E veio a goleada, E. C. Taubaté 4 X 0 Sertãozinho.

Isso era o aviso da volta do Maciel que desde 1976 realiza a tradicional queima de fogos para saudar o E. C. Taubaté. O nosso amigo, um dos fundadores da tradicional Torcida Uniformizada Camisa 14, passou por um momento difícil, quando seu estado de saúde obrigou a permanecer em sua residencia, quase que impossibilitado de sair. Mas o bom mineiro e apaixonado pelo E. C. Taubaté está de volta e já avisou, “domingo tem mais queima de fogos”.

maciel e Eder Taino

O torcedor símbolo Maciel ao lado do ex-lateral do E. C. Taubaté e São Paulo FC, Éder Taino foto: Moacir dos Santos

CONHEÇA UM POUCO DA HISTÓRIA DOS FOGOS
o Burrão jogou no Joaquinzão, tem queima de fogos na entrada da equipe em campo.

É assim que o dedicado e fiel torcedor Maciel, lá na sede social, com uma caixa de fósforos as mãos fica aguardando a entrada do time em campo, para acender o pavio e anunciar o Burrão para mais um jogo diante de sua torcida.

Essa tradicional queima de fogos teve início em 1976, durante a disputa do Torneio Integração do Vale.

Durante a disputa do Torneio Integração do Vale, Maciel preparava sua bateria de fogos atrás do gol de entrada do Joaquinzão. À época, mesmo com ausência de normas, ou leis de segurança para esse tipo de evento classificado como espetáculos pirotécnicos, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros de Taubaté, cumprindo com a missão na  segurança do torcedor, acharam por bem que as queimas de fogos não mais fossem realizadas dentro do estádio.

Maciel, boa praça, entendeu a situação e saiu em busca de outro local que pudesse, com mais segurança, manter a tradição da queima dos fogos. Foi então que, a partir dos anos 80, Maciel acionava sua bateria de fogos, às margens dos trilhos da Estrada de Ferro Central do Brasil, localizada atrás do estádio. Com isso Maciel não tinha dificuldades para saber o momento em que o time entrava em campo, afinal local alto era possível visualizar o momento da entrada em campo de jogo.

Mas isso não permaneceu por muito tempo. Apesar da distancia do local em relação as arquibancadas do Joaquinzão, ali representava considerável risco à eventuais pedestres que poderiam passar na hora da queima.

Novamente o perseverante torcedor, foi à procura de novo local. “Tem que ser na redondeza do estádio, não pode ser muito distante” dizia Maciel, preocupado em encontrar novo local.

Foi então que a diretoria autorizou que, as queimas dos fogos fossem realizadas dentro da Sede Social em uma área isolada e sem risco para a parte edificada. O local também contribui para a ampla visão aos torcedores. Tudo resolvido? Não, surgiu um novo problema. Como o Maciel poderia saber o momento em que a equipe entraria em campo? Afinal, onde atualmente ele se posiciona, não permite visão para o gramado. Na época o telefone celular, se já existia, não era tão comum como nos dias de hoje.

 Foi então que surgiu a ideia. “Eu combinei com o pessoal do sistema de som do estádio para dar o larga. Assim quando o time entra em campo e fico sabendo pelo sistema de som. Pelo nosso glorioso E. C. Taubaté não vejo obstáculo que não possa ser superado” declarou José Maciel Alves, o bom mineiro que já foi reconhecido como Cidadão Taubateano e recentemente homenageado pela Diretoria, por tudo que já fez pelo Esporte Clube Taubaté.

Como homenagem a esse torcedor impar do E. C. Taubaté, disponibilizou abaixo um link onde mostra o local onde o Maciel acende a bateria de fogos. Esse vídeo eu gravei em 17 de março de 2010, quando o E. C. Taubaté venceu o Palmeiras B pelo placar de 2X1.

 Assim, no momento em que o Burrão entrar em campo e você ouvir os fogos, vai ter o real cenário de tudo como acontece lá na Sede Social.

Vamos lá Maciel, já estávamos com saudades dos fogos!!!!!!!!!!!

VEJA AQUI o torcedor simbolo do E. C. Taubaté soltando fogos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s