E. C. Taubaté conhece nova derrota e se distancia do G8

O E. C. Taubaté completou seis rodadas sem saber o que é vitória, ao ser derrotado pela Portuguesa Desportos na tarde noite deste domingo de carnaval (03), no estádio Joaquim de Morais Filho pelo placar de 3X0.

lance

Forte chuva atrapalhou o jogo – foto: Bruno Castilho/ECTaubaté

No meio da tarde, desabou uma forte chuva em Taubaté, alagando todo o gramado. Como o jogo estava marcado para às 17h00, o trio de arbitragem fez uma verificação das condições do campo e decidiu adiar o inicio para às 17h30, mas o gramado ainda continuava muito castigado pelas chuvas.

Inicio de jogo, e logo pode-se observar que a Lusa, com  Vica no comando, fazendo sua estreia veio à Taubaté com muita vontade e disposição de conseguir a vitória, disputando cada lance com muita raça. Pelo lado do Taubaté a equipe não se encaixou no estado do gramado se mostrando apática. O primeiro momento criado pelo Taubaté em busca do gol, foi com Márcio Passos que de voleio mandou a bola na direção do gol, mas no trajeto foi desviado pela zaga e saiu com perigo para escanteio.

Aos 26 minutos, desatenção da defesa e Anderson Cavalho marcou um golaço. O lance estava no setor defensivo da Lusa, quando Fernandinho deu um balão em busca do ataque. Anderson Cavalho conseguiu controlar lance seguido de longe pelos zagueiros Cesinha e Ferron e com muito espaço, Cavalho chutou de primeira, de fora da área encobrindo o goleiro Rafael Roballo, mandando a bola no angulo direito, marcando um golaço.

O Taubaté que estava sem forças no campo, sentiu o gol e só criou mais uma oportunidade na etapa inicial em uma cabeçada certeira de Caio Mancha, mas o goleiro Dida fez a defesa no chão.

Mancha

Caio mancha com poucas oportunidades no jogo – foto: Bruno Castilho/ECTaubaté

A Portuguesa quase que não creditando na vitória parcial, procurava travar o jogo com a chamada cera, seja ela no meio campo ou com o goleiro Dida. Mas por outro lado tinha um time que em campo, aceitava a condição de jogo da Portuguesa não mostrando qualquer reação.

Para etapa final, Marcelo Martelotte trocou Juninho por Eduardo tentando dar maior foça ofensiva para a equipe, e depois colocou Jeffinho em lugar Lima. Jeffinho não apareceu no jogo e o lado direito defensivo do Taubaté que já estava deficiente, proporcionou à Fernandinho ter mais espaço. Aos 31 minutos, com lance pelo lado direito da defesa, Fernandinho com espaço, foi linha de fundo e cruzou forte a meia altura. Rafael Robalo, fez providencial defesa parcial, afinal chegava por trás da zaga, o artilheiro Cavalo, mas a bola sobrou na entrada da área para Paulinho Santos chutou de primeira, forte alto, mandando a bola para o gol, outro golaço 2 a 0.

Ricardinho

Ricardinho sumido no jogo foi substituído – foto: Bruno Castilho/ECTaubaté

Ricardinho, também sumido em campo, foi substituído por Erik mas a equipe se manteve apática sem espírito de luta parecendo aceitar o placar adverso. E com um minuto além do tempo normal, a Lusa amplia pra 3 a 0. João Gurgel que acabara de entrar em lugar de Gerley. Bola com Rafael Roballo que cobrou tiro de meta mas acabou caindo com Fernandinho na intermediária. O atacante avançou pela esquerda e serviu João Gurgel que penetrou por trás da zaga e na chegada de Ferron, finalizou para o gol, a bola tocou no zagueiro e encobriu o goleiro Roballo.

A derrota deixa o Taubaté na mesma posição do inicio da 10ª rodada, em 11ª colocação com 11 pontos. Nas seis ultimas rodadas, o Taubaté ganhou apenas 2 pontos perdendo 4 partidas, deixando de mostrar o bom futebol das primeira rodadas. O setor ofensivo não tem marcado gol enquanto o setor defensivo está vulnerável, foram 7 gols nos dois últimos jogos.

O próximo compromisso do E. C. Taubaté será no sábado (9), jogando contra o Votuporanguense na Arena Plínio Marin.

Campeonato Paulista da Série A2

E. C. Taubaté 0 X 3 Portuguesa Desportos

10ª Rodada – 03/03/2019

Estádio Joaquim de Morais Filho – às 17h00

E. C. Taubaté: Rafael Roballo, Cesinha, Ferron e Henrique; Lima (Jeffinho), Moradei, Ricardinho (Erik), Márcio Passos e Juninho (Eduardo); Caio Mancha e Elias -Técnico: Marcelo Martelotte

Portuguesa Desportos: Dida, Hudson (Gustavo Eugênio), Motta, Guilherme Garutti e Cesinha (Patrick); Jonatas Paulista, Luizinho, Paulinho e Gerley (João Gurgel);
Anderson Cavalo e Fernandinho – Técnico: Vica

Árbitro: Thiago Luis Scarascati – Assistentes: Herman Brumel Vani e Paulo de Souza Amaral

Gols : Anderson Cavalo 26′ 1T, Paulinho Santos 31′ 2T, João Gurgel 46′ 2T

Cartões Amarelos: Elias (T), Henrique (T), Danilo Mancha(T), Cesinha(P) ,  Hudson (P)

Renda: R$ 6.346,00 – Público: 480 pagantes

veja os gols

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s