E. C. Taubaté sofre goleada no primeiro jogo do mata-mata, diante do Água Santa

Burrão tomou chinelada histórica

73c2dd2f-4add-4656-a814-8b72b40987d3

Jogando na tarde desta quarta-feira (3) no Joaquinzão diante do Água Santa, o E. C. Taubaté foi goleado pelo placar de 5 a 0, decepcionando sua torcida.

Logo no inicio da partida, o visitante abriu o marcador com Alvinho que foi o nome do jogo, marcando mais dois gols, com o placar sendo completado por Everton e Rodrigo San.

O primeiro tempo, apontou já o placar delatado de 3 tenos a 0, e pior, com o time do Taubaté não mostrando nenhum poder de reação, perdendo o artilheiro Danilo Tarracha aos 38 minutos, enquanto pelo lado do visitante, Celsinho e Alvinho se destacavam, apavorando a defesa taubateana.

Na etapa complementar o quadro se repetiu enquanto o Taubaté tentava de qualquer forma marcar o seu primeiro gol, o Água Santa se postava no setor defensivo e saia em rápidos contra ataques e foi também dessa maneira que ampliou o placar

9fde3c69-287b-4701-9a1c-743a62df1c84

OS GOLS

1 X 0 No primeiro minuto de jogo, o Água Santa vai ao ataque e a defesa consegue cortar a trajetória da bola, parcialmente, o Água Santa retoma e pela direita, com marcação a distancia, Luan cruza encontrando na marca de pênalti Alvinho, também livre de marcação que de pé direito toca para o gol, no canto esquerdo, abrindo o marcador.

2 X 0 Celsinho, depois de recuperar uma bola no meio campo, lança Alvinho que penetrava pelo meio, Cesinha tenta cortar a bola mas falha, o artilheiro domina e já dentro da área, livre de marcação, na saída de Robalo toca no canto, aos 24 minutos.

No Travessão

O E. C. Taubaté foi levar perigo ao gol de Rafael, somente aos 28 minutos quando Danilo Tarracha pela esquerda foi até o fundo e cruzou, Caio mancha subiu e tocou de cabeça, a bola bateu no travessão e não entrou.

Aos 36, Caio Mancha leva a mão na coxa e demostra que sentiu algo, dois minutos depois, ao tentar disputar uma bola, acabou pedindo substituição, deixando o gramado a esperança de gol, entrando em seu lugar Eduardo.

3  X 0  já nos acréscimo, 48 minutos, Everton ganha a bola de Jean, toca no meio para Celsinho e sai em disparada, recebendo a bola e já dentro da área, livre de marcação. Na chegada de Cesinha, já dentro da área tocou no canto esquerdo de Roballo.

Para o segundo tempo, o Tauabté voltou mudado, entrou Jeffinho em lugar de Juninho, mas nada mudou.

4 X 0 O que mudou foi o placar novamente, aos 12 minutos, Jean e Jeffinho se complicam pela direita e permite que Bruno Recife roube a bola e vá até a linha de fundo. No cruzamento, a bola passa por Henrique e Danilo Tarracha, encontrando livre de marcação, mas em impedimento, Alvinho que toca sem muita dificuldade para o gol.

Logo em seguida, Paulinho McLaren faz nova mudança, entra Anderson Cordeiro em lugar de Elivelton.

Aos 20 minutos, Roballo faz grande defesa em dois tempos, depois da defesa se atrapalhar ao tentar cortar a bola,

5 X 0 Aos 34 minutos, pola lançada novamente pela esquerda, Bruno REcife, toca no meio para Lucas Gadella que ve  Celsinho entrando na área livre de marcação. Celsinho recebe e toca para Rodrigo Sam completar para o gol, dando numeros finais no marcador.

94220eba-5158-4355-a716-8f30215b8382

1º jogo mata-mata – 03/04/2019

Estádio Joaquim de Morais Filho – 17:00 horas

E. C. Tauabté 0 X 5 E. C. Água Santa

E. C. Taubaté: Rafael Roballo; Cesinha, Jean, Henrique e Danilo Tarracha; Moradei, Elivelton (Anderson Cordeiro), Erik e Claudinho; Juninho (Jeffinho) e Caio Mancha (Eduardo) – Técnico: Paulinho McLaren

E. C. Água Santa: Rafael; Jonathan Bocão, Luizão, Lombardi, Celsinho, Bruno Recife; Serginho e Diogo Marzagão (Rodrigo Sam); Alvinho (Lucas Gadelha), Everton (Somália) e Luan Dias – Técnico: Márcio Ribeiro

JOGO DA VOLTA

No próximo sábado (6), o E. C. Tauabté estará em Diadema para o jogo de volta do mata-mata e, para conquistar a sequencia no campeonato precisará vencer por uma diferença de 5 gols, para que a disputa da vaga seja definida em cobranças de penalidades. nada fácil, aliás praticamente impossível, para um time que em 15 jogos tomou apenas 13 gols.

fotos: Bruno Castilho/EC Taubaté

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s