Alessandro da Silva conquista Ouro no Lançamento de Disco no Parapan de Lima

Taubateano conquistou seu bicampeonato com direito a quebra de Recorde Panamericano alcançando 45,34m, quase 15 metros a mais que o segundo colocado 

Foto 9 - Alessandro Silva (Lancamento de Disco)

O taubateano Alessandro Slva – Lançamento de Disco – medalha de outo

Assessoria de imprensa do Programa Esporte Para Todos

O paratleta  Alessandro da Silva, da equipe Programa Esporte Para Todos, da Prefeitura de Taubaté (SP), brilhou na noite deste domingo, 25/08, em Lima na final do Lançamento de Disco (classe F11, para deficientes visuais). O taubateano confirmou seu favoritismo e conquistou a medalha de Ouro, chegando ao bicampeonato pan-americano (Toronto 2015/Lima2019).

Com uma boa consistência ao longo da prova, Alessandro garantiu mais uma medalha dourada para o paratletismo do Brasil com a marca de 45,34m, alcançada já em sua primeira tentativa.

Com larga vantagem estabelecida já na primeira rodada, e sem que nenhum dos cinco adversários mostrasse que chegariam perto dessa marca, Alessandro se manteve solto na prova e tentou melhorar a marca. Na segunda rodada, ele fez 38,44m. Na terceira e na quarta tentativas, o paratleta queimou. Na quinta rodada, 42,95m e na sexta e última, cravou 39,96m.

A prova terminou com Antonio Alexis Ortiz, da Argentina, na segunda colocação com 30,97m. O pódio foi completado por Edwin Rodrigez, da Colômbia, com 30,24m.

O resultado de 45,34m deu para Alessandro da Silva o novo Recorde dos Jogos Parapan Americanos na classe F11 do Lançamento de Disco. A marca anterior perdurava desde o Parapan do Rio de Janeiro 2007, pertencendo ao argentino Jorge Godoy, com 38,02m.

“Foi uma boa prova, meu rendimento foi dentro do que nós prevíamos. Eu venho treinando para melhorar minha marca, a intenção não era ganhar de ninguém aqui. Busco sempre fazer meu melhor em cada prova que eu disputo, e hoje obtive uma ótima marca, ficou bem perto do Recorde Mundial (que é de 46,07m, do italiano Oney Tapia). Eu quero sempre mais, mas estou muito feliz com o ouro, estou vindo de uma lesão na panturrilha, que me atrapalhou bastante nos treinos. Então, dada as condições pré-pan, estou muito feliz sim. O trabalho que está sendo feito por toda a nossa comissão técnica está funcionando”, disse o paratleta.

Alessandro da Silva volta a competir na quarta-feira, 28/08, às 17h40 (horário de Brasília), na prova do Arremesso de Peso. Nesta prova ele também é favorito ao Ouro, e vai em busca do bicampeonato. 

Foto 10 - Tecnico Guto Nascimento e Alessandro Silva

Técnico Guto Nascimento e Alessandro Silva

FELIPE GOMES AVANÇA À FINAL DOS 400: Pouco depois do Ouro de Alessandro da Silva, foi a vez do velocista Felipe Gomes, também da equipe do Programa Esporte Para Todos, entrar em ação.

Na semifinal dos 400m rasos (classe T11, para deficientes visuais), Felipe correu tranquilo e venceu sua bateria com o tempo de 52.98s, estabelecendo a sua melhor marca do ano, mesmo soltando bastante nos 50 metros finais. Felipe disputará a final dos 400m nesta segunda-feira, 26/08, às 19h25 (horário de Brasília).

ANDRÉ ROCHA FICA EM 6º NO DARDO: Prejudicado por uma reclassificação às vésperas dos Jogos Parapan Americanos, André Rocha fez o que pôde no Lançamento de Dardo, mas não conseguiu chegar ao pódio. Na sexta e última tentativa, o taubateano fez 16,72m. André, que competia na classe F53, foi reclassificado para a F54 e viu suas chances de medalha desaparecerem, já que nesta classe ele enfrenta paratletas com limitações muito mais brandas que as suas. O paratleta reclamou bastante nos último dias e contesta essa nova classe em que foi colocado pelo Comitê Paralímpico Internacional.

Confira a agenda completa dos taubateanos no Paratletismo do Parapan de Lima
(Horários de Brasília):

26 de agosto (segunda-feira)
18h02 – Viviane Soares – 100m (T12) – Eliminatória bateria 1/3
19h25 – Felipe Gomes – 400m (T11) – Final
21h04 – Viviane Soares – 100m (T12) – Final

27 de agosto (terça-feira)
18h00 – André Rocha – Arremesso de Peso (F54) – Final
20h37 – Felipe Gomes – 100m (T11) – Eliminatória bateria 1/3

28 de agosto (quarta-feira)
17h33 – Felipe Gomes – 100m (T11) – Final
17h43 – Alessandro da Silva – Arremesso de Peso (F11) – Final

 fotos: Arquivo/Esporte Para Todos

Sobre o Programa Esporte Para Todos: O Programa Esporte Para Todos é o projeto que congrega toda a prática esportiva destinada à pessoas com deficiência em Taubaté. O programa tem como principal mantenedor a Prefeitura de Taubaté, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer, sendo hoje uma das equipes com melhor estrutura em todo o Brasil. A equipe do Programa Esporte Para Todos conta com equipe de alto rendimento, e atendimento social e prática esportiva para pessoas com deficiência. As modalidades que fazem parte do Esporte Para Todos são: Atletismo, Natação, Halterofilismo, Bocha, Basquete em Cadeira de Rodas, Tênis de Mesa, Goalball, Thriatlon, Ciclismo, e Badminton.
Nossos parceiros: PREFEITURA DE TAUBATÉ, Secretaria de Esportes e Lazer de Taubaté, Instituto Sabin, Instituto Mara Gabrilli, Luasa Sports, Cunzolo Acqua, Academy School, Juvy Serviços Médicos.

fonte: Ronaldo Casarin / Assessor de Imprensa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s