Carlito fala os motivos que levou a troca do comando técnico do E. C. Taubaté

A campanha que o E. C. Taubaté vem realizando na série A2, sob o comando do técnico Ivan Izzo, apesar da quarta colocação na classificação, não vem agradando.

090c413f-a702-47e8-b9f4-15fae12debcf

Ivan Izzo deixa o comando da equipe do E. C. Taubaté – foto: Caique Toledo/EC Taubaté;

A equipe foi formada por atletas de primeira categoria na Série A2, com uma estrutura invejável, incluindo a pré-temporada realizada no inicio do ano, mas dentro de campo o time não desenvolveu o futebol esperado pela diretoria e torcedores.

Neste domingo (16) quando todos esperavam uma vitória que convencesse a todos, o Burrão foi derrotado pelo Atibaia apresentando um primeiro tempo razoável mas um futebol abaixo da crítica na etapa final.

Logo depois que o jogo chegou ao seu final o executivo de futebol, Carlos Arini, o Carlito, divulgou a informação que o treinador Ivan Izzo estava deixando o comando da equipe juntamente com o auxiliar técnico Claudiomiro.

Simultaneamente o clube divulgava em sua rede social oficial a nota abaixo:

NOTA OFICIAL (emitida pelo E. C. Taubaté)

O Esporte Clube Taubaté anuncia a saída do técnico Ivan Izzo e do auxiliar Claudiomiro Santiago do comando da equipe profissional.

Sob o comando de Ivan, o Taubaté disputou 22 jogos, somando nove vitórias, sete empates e seis derrotas.

O Clube agradece os serviços prestados pelos profissionais e deseja boa sorte na sequencia de suas carreiras, e nos próximos dias anunciará o novo treinador da equipe para a sequencia da briga pelo acesso na Série A2 do Campeonato Paulista. 

76765495_2505387053025869_2699300243031195648_o

O executivo Carlos Arini, o Carlito e o técnico Ivan Izzo – foto: Caique Toledo / EC Taubaté

Carlito falou com a imprensa após o jogo, mas o executivo não quis adiantar qualquer nome que, possivelmente possa estar sendo sondado, para assumir o comando da equipe, mas declarou:

“ Hoje a gente fez uma partida no primeiro tempo, acredito que a gente foi até bem, mas no segundo tempo a equipe caiu muito. A gente vê um campeonato que a gente chegou em 50% e a gente já tem a segunda etapa e, principiante pensando na classificação no mata a mata e chegamos a conclusão que nesse momento agradecer  o trabalho do Ivan e do Claudiomiro, seu auxiliar e a gente optou pela troca.

Perguntado se foi o resultado contra o Atibaia que fez tomar essa decisão comentou:

“A gente vem trabalhando desde a Copa Paulista então vimos analisando e não é em cima de um resultado de uma situação. Obviamente que o resultado ajudou e principalmente a postura nossa do segundo tempo, mas alguns outros jogos também a gente vem oscilando  e a gente tem a convicção que essa equipe pode dar mais. E se ela pode dar mais a gente troca o comando  por que a gente tem convicção que pode realmente dentro do campo reagir, não só a questão de pontuação, geralmente no futebol a  você troca um comando quando está em um rebaixamento ou qualquer situação  e nosso não é a gente está visando realmente um projeto que a gente quer realmente chegar e essa equipe pode dar mais e nesse momento a troca. Não estamos entrando só na questão da pontuação a gente está olhando na sequencia, olhando na frente e nesse momento estamos tomando essa decisão. A gente acredita que a equipe pode render mais ela chegou tem três vitórias, dois empate e duas derrotas,  mas pode render mais e em cima disso é que estamos tomando essa decisão”.

Perguntado se já tem um nome de um treinador para assumir o comando disse:

“Não é da minha maneira de ser, eu não falei como minguem, jamais eu iria trocar um profissional se tivesse falado com alguém. Então a partir de agora sim, a gente vai começar a mexer e a gente vai resolver quem vamos trazer”.

Quanto ao perfil do novo treinador comentou:

“A questão de trazer profissionais que a gente acredita e confia. A confiança no Ivan ela existe, só que a mudança ela faz parte dentro do futebol. Agradeço em nome do Taubaté ele fez a Copa Paulista e fez o campeonato paulista e nos deixa em uma situação na tabela confortável, porem as decisões tem que ser tomadas e prontas, o futebol é assim. Eu tenho uma relação pessoal com ele, mas esse momento mais que isso é profissional e o Taubaté está acima de tudo”.

O E. C. Taubaté volta a campo na próxima sexta-feira (21) às 20h00, recebendo o Juventus no Joaquinzão.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s