Irmãos também no futebol (IV) Família Taino

De origem italiana,  o casal Amilcare Giovanni Batista Taino e Maria Giovanna Mazzini desembarcou no Porto de Santos/Brasil como imigrantes  Outros irmãos de Amilcare também vieram, mas no desembarque, os irmãos foram separados. Uns seguiram para a região de São José do Rio Preto, Votuporanga outros, como Amilcare, pai do campeão de 1954 pelo E. C. Taubaté Antonio Julio Taino. vieram para a Fazenda Pedra Negra em Redenção da Serra, Vale do Paraíba.

Além de Antonio Julio Taino, o casal  Amilcare Giovanni Batista Taino e Maria Giovanna Mazzini ainda tiveram mais nove filhos, Ricardo, Alfredo Alcides, Olavo, Anita, Aldair, Olga, Laudelina e Alice.

c5d6abcf-f263-45c1-9d95-9cb11e352aec

foto: Moacir dos Santos

ANTONIO JULIO TAINO
Antonio Julio Taino, pai de Amauri, Toninho e Éder, o primeiro da família que defendeu o E. C. Taubaté. Com 23 anos, jogando no bom time da AA Caçapavense, cidade onde estudava, foi observado por Chiquito, técnico do Burro da Central e logo passou a figurar no elenco do Alvi-Azul, onde permaneceu como atleta profissional por 10 anos.

De personalidade forte, sempre assumiu o papel de líder do grupo. No Burrão, conquistou o título campeão do Interior em 1954 e alguns títulos da Região Norte. Apesar de ter encerrada sua carreira como atleta, Taino sempre foi lembrado pelos dirigentes do E. C. Taubaté, quando em várias oportunidades assumiu o comando técnico da equipe.

f9e8db9d-ba34-4618-99a0-55e0d7dfcac8

Antonio Julio Taino em noite de homenagem na Loja do Burrão – foto: Moacir dos Santos

No Burrão:

Como atleta, o meia atacante Antonio Taino, defendeu os E. C. Taubaté nos anos de 1953/1954/1955/1956/1958/1959/1960, participando de  116 jogos e marcando 21 gols.

TAINO 1

Antonio Julio Taino em sua residencia – foto: Moacir dos Santos

 

Nascido em 31/07/1929,  no bairro Birizal, próximo à  fazenda Maristela em Tremembé, hoje com 90 anos e 68 de casamento com a srª Nair Tereza Canavezzi Taino, Antonio Julio Taino, é pai de 5 filhos, sendo 3 homens, Amauri (in memoria), Toninho e Éder e 2 mulheres, Magali e Selma ((in memoria).

 

Tano recebendo placa

Na noite de homenagens aos campeões de 1954, Taino recebe placa das mãos do Presidente do Conselho, Otávio Alves Correa Filho e Minelli das mãos do Presidente executivo Gilsinho – foto: Moacir dos Santos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em dia de jogos, é comum a presença do velho Taino no Joaquinzão.  Sempre uma atração. Todos querem cumprimentá-lo e ouvir historias que são contadas por ele em detalhes.

Taino e Trindade para o blog

AMAURI
O primeiro dos três filhos de Taino que atuou pelo E. C. Taubaté foi Amauri. Apesar de não ter participado da época do profissionalismo do Burrão, o zagueiro Amauri teve papel importante no ano de 1975, ano do ressurgimento do E. C. Taubaté e conquista do primeiro título do Torneio Integração do Vale. Amauri revezava na zaga taubateana com Baiano, Zil e Osmar. Chegou a jogar em algumas oportunidades de volante.

O primeiro filho do casal Taino, teve importante participação no Torneio Integração do Vale, onde foi campeão no Iº Torneio Integração do Vale. Antes do início do torneio, Amauri aparece na escalação da 1ª partida do Burro da Central, ocorrido em 15 de março de 1975, sábado à noite, na cidade de Mogi das Cruzes em jogo válido pela 1ª copa Arizona com o placar de 2X2. Relembre a escalação da equipe do E. C. Taubaté nessa partida: Ricardo Righi, Banha, Zil, Amauri e Osmar; Zé Carlos e Ariel; Airton, Jura, Marinho Cri Cri e Niltinho, um ” timaço”.

FOTO TAUBATE EM 1975

No Burrão:

Amauri, zagueiro, lateral esquerdo e volante, defendeu a camisa do e. C. Taubaté em 11 jogos no ano de 1975.

TONINHO TAINO
O segundo filho de Taino, o Toninho Taino, vestiu pela primeira vez a camisa do E. C. Taubaté em 10 de agosto de 1975 em partida amistosa diante da Esportiva de Guaratinguetá entrando no decorrer da partida em substituição ao jogador Zumba. Coincidência ou não o “velho” Taino era o treinador da equipe e Amauri outro filho também estava em campo. confira a formação: Ricardo Righi, Banha, Baiano, Zil e Franco; Amauri (Zé Carlos), Zumba (Toninho Taino) e Marinho Cri Cri; Zé Menino, Jura, (Ademir) e Niltinho – Técnico: Antonio Julio Taino. Assim ficou escrito na história, o pai e dois filhos participando em uma mesma partida defendendo a mesma equipe.

79 NO JOAQUINZÃO para o blog

Ano de 1979, Toninho Taino comemora o gol seguido por Amauri e China

Toninho Taino foi campeão da Divisão Intermediária em 1979, título que marcou sua trajetória. Deixou o E. C. Taubaté para jogar no Bahia de Paulo Maracajá, defendeu ainda o Santo André, o São José.

IMG_6524

No Burrão:

O meia atacante, defendeu o Burrão em nove temporadas, 1975/1976/1977/1978/1979/1980/1981/1982/1986, participando em  286 jogos, assinalando 68 gols.

marcado por Zé Mario para o blog

EDER TAINO
Eder Taino, o mais novo filho, defendeu o E. C Taubaté em duas épocas, somando 4 anos. A primeira entre 1980/1981 (82 defendeu o Matsubata). A segunda em 1983 e 1984 quando em setembro de 84, como grande revelação foi  defender o São Paulo FC, onde permaneceu até meados de 88. No tricolor Éder Taino, teve a chance de sentir a emoção de vários clássicos entre São Paulo FC e SC Corinthians Paulista. Em 85 defendendo a lateral direita do time do Morumbi, marcou o gol do São Paulo na vitória de 1X0 em cima do rival SC Corinthians Paulista.

No São Paulo FC, Éder Taino foi campeão paulista em 85 e 87 e brasileiro em 86. Em 88 foi campeão estadual defendendo o Atlético Paranaense depois, 89 Taquaritinga, 90 Francana, 91 Lemense, 92 Grêmio de Maringá permanecendo até junho em Julho. Seguiu para o Tuna Luso de Belém do Pará, em 93 retornou para Maringá e em julho Atlético de Sorocaba onde foi campeão da B1, quando encerrou a carreira

0a6a399a-37d1-4414-9b2a-c9d8d4514e2d

No Burrão:

Foram quatro temporadas brilhantes com a camisa do Burrão, 1980/1981/1983/1984 em 135 jogos, autor de  6 gols.

Assim, a família Taino se iguala com a família Simi com quatro integrantes que vestiram a gloriosa camisa do Esporte Clube Taubaté.

Já contamos as histórias de Jajá e Aristides e familia Simi. Se você não viu, acesso os links abaixo:

OS IRMÃOS JAJÁ E ARISTIDES

OS IRMÃOS SIMI SIMI

Na próxima quinta-feira, 02/04 estaremos contando um pouco da história da família Rezende, Benício Gilsinho e Gisiel.

Até lá

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s