A BOLA DO ÚLTIMO JOGO NO CAMPO DO BOSQUE

Peça rara, encontrada nas instalações da Sede Social do Clube. Estava em um saco preto de plástico. Depois de receber limpeza, pode-se observar assinatura de vários atletas profissionais do Taubaté, que participaram do último jogo no campo do Bosque, bem como, a data da despedida daquela querida casa.

A bola do jogo foi envolvida em uma caixa em acrílico e está guardada na sala de troféus na Loja do Burro / E.C. Taubaté.

BOLLLAAA

A PRAÇA FOI REFORMADA PARA USO DO E.C. TAUBATÉ

 O campo do Bosque foi palco de grandes espetáculos proporcionados pelo E.C. Taubaté. A Praça Monsenhor Silva Barros que havia recebido embelezamento, inclusive a canalização do córrego Sagüiru, que ali passava. Foi inaugurada em 14.12.1914 – 2ª feira. A partir de 08 de janeiro de 1915, a Praça Monsenhor Silva Barros, foi cedida para uso do E.C. Taubaté. A cessão foi feita através de Resolução nº 42, registrada no Livro de Registro de Leis Municipais da Câmara Municipal de Taubaté de nº 4, página 23, que autorizou a Prefeitura a fazer cessão gratuita, da parte do Parque ao então Sport Club Taubaté, para que ali realizasse suas diversões. Na época o Dr. Gatão Aldano Vaz Lobo da Câmara Leal era o Prefeito Municipal.

 Ultima partida no campo do bosque

O JOGO DE DESPEDIDA

Em 22 de outubro de 1967, o E.C.

Taubaté, recebeu e venceu pelo placar de 5 X 2, a equipe do XV de Novembro da cidade de Jaú, em jogo válido pelo campeonato paulista.

Na preliminar dessa partida, os veteranos e campeões de 1954 do E.C. Taubaté recebeu e venceu os veteranos da AA Ferroviária por 4X0, gols de Bertho (2), Zé Américo e Renatinho. Primeiro tempo 3X0. E.C. Taubaté: Sérgio, Nilson, Rubens Pelicioti, Celso, Máximo, Zé Américo, Ivan, Silvio, Durval, Bertho e Renatinho.

Na foto da preliminar, pelo lado do E.C. Taubaté, aparecem: Rubens, Celso, Micheli, Ivan, Silvio, Bertho, Renatinho, Sérgio, Máximo, Zé Américo e Tek. Mascote, Beto Drumond.

Aparecem ainda, Geraldo (ropeiro), Moreirinha, Santana (massagista) Dalécio e o presidente Joaquim de Morais Filho. Como não podia faltar, o ”burrinho” também pousou para a histórica foto.

Pelo lado da AA Ferroviária, Abssínio, Ivan Mendes, Orlando Fonseca, Ge, Valter, Nelson Naresi, Anderson, e outros.

Confira a Ficha técnica do Jogo Principal

26ª Rodada – Data: 22.10.1967

EC Taubaté 5×2 EC XV de Novembro (Jaú)

Local: Estádio da Praça Monsenhor Silva Barros – Campo do Bosque

Renda: NCR$ 551,00

EC Taubaté: Sérgio (Barrela); Cláudio Tifu, Bimbo, Zé Roberto e Vaguinho; Pampolini e Miro; Fernandes, Gardel, Adilson e Jaime – Técnico: Gilson Silva

EC XV de Novembro (Jaú): Fernando; Lourival, Adilson, Tota e Ari; Capelossa III e Nascimento; Atílio, Giba, Capelossa I e David – Técnico:

Árbitro: Carlos Drumond da Costa

Gols: 1º Tempo – Fernandes (T) aos 23’; 2º Tempo – Lourival (XV) – contra – aos 5’, Adilson (T) aos 10’, Giba (XV) aos 15’, Pampolini (T) aos 19’, Fernandes (T) aos 22’, Giba (XV) aos 38’

DETALHES IMPORTANTES DO JOGO

  • Sérgio, goleiro do E.C. Taubaté foi substituído aos 36´do 2º tempo por contusão;
  • Pampolini, médio que veio da Portuguesa Desportos, ex-Botafogo do RJ, estava sem contrato mas fez questão de participar desse jogo.
  • Sinésio Cunha Barbosa, ex-atleta, aos 73 anos compareceu no estádio para ver o jogo. Foi dele o pontapé inicial da partida. Ele foi o primeiro centro médio do E.C. Taubaté e o primeiro capitão da equipe.
  • Antes do início da partida estiveram também no centro do gramado os veteraníssimos, Oswaldo Barbosa Guisard, Moacyr Peixoto, Ismael, Alvarenga, Romeu Simi, Adalgiso Simi (Aldo) e o então presidente Joaquim de Morais Filho.
  • A nota triste foi o estado de saúde de Benedito, um dos maiores centro-avante do E.C. Taubaté, que disputou o campeonato de 1954. A imprensa sempre destacava que “ele fabricava gols espíritas”. Benedito foi até o centro do gramado e saudou a torcida presente, com gestos feitos com a cabeça e seu braço esquerdo, pois o braço direito estava paralisado, em decorrência a um derrame sofrido pelo ex-atleta do E.C. Taubaté.
  • Ao final do jogo em que o Taubaté venceu pelo placar de 5X2, dirigentes do clube e torcedores foram para o gramado, onde retiraram as traves. A Banda de Música presente tocou a Valsa da Despedida.

FOTO CAMPO VELHO cópia

logo minclean blog

Um comentário sobre “A BOLA DO ÚLTIMO JOGO NO CAMPO DO BOSQUE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s