E. C. Taubaté de goleadas histórica

Savério, Bertho, Benedito, Sylvio, Hugo, Alésio, Durval são alguns dos artilheiros que marcaram três ou mais gols em uma mesma partida

Equipe

Equipe do E. C. Taubaté onde aparecem , dentre outros os artilheiros Savério e Hugo

O E. C. Taubaté tem em sua longa história, importantes registros responsáveis pelo seu verdadeiro valor dentro do futebol nacional.

Podemos citar como o primeiro a conquista o Título do Interior em 1919, tri campeão do Interior, 1919, 1926, 1942, revelou o jogador Tatu campeão pelo E. C. Taubaté em 1919, sendo tri campeão no SC Corinthians Paulista, chegando a Seleção Brasileira.

Podemos adicionar a revelação de Zito,que chegou ao Santos FC onde conquistou tudo na esfera mundial, bi campeão do Mundo pelo Selecionado brasileiro.

Revelou para o futebol paulista o centroavante Edmar, artilheiro do Paulista de 1980 pelo Burrão, com 17 gols.

Goleadas históricas

Gostaria de inserir nessa história alguns atletas do passado que, além de ter deixado seus nomes gravados na história do E. C. Taubaté, também foram responsáveis por marcar três, quatro, cinco e até seis gols em um mesmo jogo.

Savério, Hugo, Alécio, Durval, são alguns deles que em um mesmo jogo, marcaram três ou mais gols.

Vamos relembrar alguns deles.

E.C. Taubaté 7 X 1 E. C. São José

Em 1946, mais precisamente em 24 de abril, o E. C. Taubaté recebeu o E. C. São José no gramado do estádio da Praça Monsenhor Silva Barros e castigou o rival com uma histórica goleada de 7 a 1. Nessa partida Savério assinalou nada mais nada menos que quatro gols, seguido de Hugo que marcou três.

EC Taubaté: Ary; Abissínio e Nelson; Pulga, Djalma e Jango; Piccina, Renato, Savério, Hugo e Poá.

Gols: 1º Tempo – Savério (T) aos 7’, Savério (T) aos 27’, Hugo (T) aos 29’ e Hugo (T) aos 42’; 2º Tempo – Hugo (T) aos 35’, Savério (T) aos 37’ e Savério (T) aos 42’. Olavo marcou o único gol do rival aos 17’ da etapa final.

Equipe 1948 identificada

E.C. Taubaté 8×1 Botafogo FC

Essa nova goleada, agora diante do Botafogo de Ribeirão Preto, foi em 18 de maio de 1947, na estreia do Campeonato Paulista da Segunda Divisão.

A dupla Savério e Hugo marcaram três gols cada, enquanto que Perruche marcou os outros dois gols.

E.C. Taubaté: Zezão; Orestes e Bibide; Pulga, Orlando e Juju; Tião, Renato Simi, Savério, Hugo e Perruche – Técnico: Chiquito.

Equipe

E.C. Taubaté 9×2 AA Portofelicense

Dois anos após, foi a vez de a AA Portofelicense conhecer uma senhora goleada. Perdeu pelo placar de 9 a 2, isso em 22 de maio de 1949, também no Campo do Bosque na estreia do Campeonato Paulista da Segunda Divisão – Série Vermelha.

Foram três gols de Hugo e três gols de Jair.

E.C. Taubaté: Zezão; Gaguejo e Bibide; Pulga, Estopim e Jujú; Tião, Alvair, Jair, Hugo e Perruche.

Gols: Hugo (T), Hugo (T), Hugo (T), Jair (T), Jair (T), Jair (T), Tião (T), Alvair (T), Perruche (T)

Equipe de 49 identificada

E.C. Taubaté 7×1 AA Internacional (Limeira)

Em 05 de agosto de 1951, pela 9ª rodada do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, surge Aléssio para ser o pesadelo da equipe da AA Inter de Limeira na Praça Monsenhor Silva Barros. Aléssio marcou quatro gols.

E.C. Taubaté: Jurema; Gaguejo e Bibide; Pelado; Mizinho e Zé Carlos; Raimundo, Costa; Aléssio, Bila e Moreno.

Gols: 1º Tempo – Zé Carlos (T) aos 4’; 2º Tempo – Aléssio (T) aos 17’, Aléssio (T), Aléssio (T), Moreno (T) aos 25’ e aos 28’, Aléssio (T) aos 37’.

Equipe 1951 identificada

Em 1954,  até o inicio de março, foram jogados as partidas restantes do campeonato de 1953.

A partir do final de março, teve inicio uma série de amistosos começando com  4 a 1 em cima do Comercial FC da capital.

Em seguida um 8 a 1 sobre o Cachoeira FC com Benedito e Durval assinalando três gols cada e 5 a 1 em Barra Mansa contra a equipe local.

Pensa que acabou?

Novo 8 a 1 agora o adversário foi a AE São José. Bertho foi o artilheiro dessa partida com quatro gols e Benedito três. Minelli autor do outro tento, 7 a 2 contra a A Esportiva de Guaratinguetá, 6 a 0 contra o Royal FC-RJ,  três gols de  Durval, dois de Sylvio e Perruche fechou a conta.

Também apanhou por goleada em dois amistosos, como em Moça Bonita-RJ 7 a 1 para o Bangu, 5 a 2 frente ao São Paulo FC, completo de Poy a Conhoteiro e 6 a 1 contra a SE Palmeiras.

Mas 1954 a equipe que passou a voar nas mãos do técnico Chiquito, na sequencia mais goleadas em amistosos;

Benedito marcou cinco vezes

Em 15/11/54, segunda-feira, feriado, o E.C. Taubaté recebeu em seus domínios a AA Ferroviária da cidade de Pindamonhangaba para uma partida amistosa.

O placar final apontou a goleada de 8X1 para o E.C. Taubaté. O grande artilheiro desse jogo foi  Benedito que balançou as redes em 5 oportunidades.

Seqüência dos gols:

1º tempo: Benedito aos 9´, Silvio aos 16`, Benedito aos 19´ e Alcino aos 25´.

2º tempo: Benedito aos 2´e aos 6´, Maurinho aos 7´(F), Benedito aos 12´e Manteiga fechava o marcador aos 37´.

Equipes: E.C. Taubaté – Sérgio (Floriano), Rubens e Porunga. Ca-can (Bento), Diogo e Ivan; Alcino, Toninho Taino, Manteiga, Benedito e Silvio – Técnico: Joaquim Loureiro.

AA Ferroviária: Nelson (Ivan), Tatu e Orlando; Lali, Lopes e Abissinho; Maurinho, Milton, Roberto, Quentão e Carlota.

1954 legendado

O jogo marcou as estreias de Can-can e Rubens. Can can, que depois jogou pelo E.C. São José, despediu–se do futebol profissional em um clássico realizado em 26/05/1965 no antigo campo do São José, oportunidade em que o Taubaté venceu pelo placar de 3X0 com três gols de Mazola aos 2’, 35’ e 42’ do primeiro tempo.

equipe

Treze dias após, foi a vez de Bertho

 Em 28/11/54, o E.C. Taubaté goleou a AE São José em partida amistosa no Campo do Bosque – 8X1.

Nesse jogo o atacante Bertho assinalou 5 gols, sendo dois no primeiro tempo e outros três na etapa final. Benedito fez dois e Rubens Minelli um. Geni assinalou o único tento da AE São José.

O E.C. Taubaté jogou com: Sérgio (Floriano), Rubens e Porunga; Can-Can (Bento) Zé Américo e Ivan (Manteiga); Alcino, Toninho Taino, Bertho, Benedito e Pinho (Minelli) – Técnico: Joaquim Loureiro.

Equipe 1954 identificada copia

Em dezembro, veio então o inicio da 1ª fase do campeonato de 1954, com jogos do E. C. Taubaté pela Série Nobrega.

De cara já conquistou um  4 a 0 em cima do EC São Bento. Um 4 a 2 no Rio Claro fora de casa.

A sequencia do  campeonato passou para o ano de 1955 e na oitava rodada, o Velo Clube foi a vitima com Bertho marcando seis gols e Sylvio três.

E.C. Taubaté 9×2 AE Velo Clube Rioclarense

Em 27 de fevereiro de 1955 o Velo Clube de Rio Claro, visitou o estádio da Praça Monsenhor Silva Barros em compromisso pela oitava rodada do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Outra goleada e, acreditem, Bertho marcou seis gols, seguido de Sylvio que mandou três bolas para a rede do goleiro Cabeção.

EC Taubaté: Sérgio, Rubens e Porunga; Ananias, Zé Américo e Ivan; Taino, Durval, Berto, Benedito e Sylvio – Técnico: Joaquim Loureiro.

Gols: Berto (6) e Sylvio (3).

No ano seguinte Bertho marcou três gols em um amistoso realizado em Itajubá – MG em 6 de fevereiro de 1956.

O adversário foi o Smart FC, o placar 3 a 0 com três gols de Bertho.

Em 91, Wanderson repete o feito

Em 24 de março de 1991, jogo válido pela Divisão Intermediária, o E.C. Taubaté recebe no “Joaquinzão” a equipe do Palmeiras F.C. da cidade de São João da Boa Vista.

Impondo a maior goleada dos últimos tempos, o E.C Taubaté massacrou o adversário – 6×0. O meia Wanderson assinalou cinco gols e Marquinhos completou o placar.

EC Taubaté 6×0 Palmeiras FC (SJBV)

Local: Joaquim de Morais Filho – Joaquinzão

EC Taubaté: Wlamir; Neto, Marcelo, Cláudio e Silva; Gerson, Adenilton (Romildo) e Wanderson; Gil, Careca (Marquinhos) e Mirandinha – Técnico: José Teixeira

Sequencia dos gols: 1º Tempo – Wanderson (T) aos 31’; 2º Tempo – Wanderson (T) aos 13’, Wanderson (T) aos 16’, Wanderson (T) aos 21’, Wanderson (T) aos 26’, Marquinhos (T) aos 41’.

Em 2018 foi a vez de Flávio Carioca marcar três gols

Em 2018, pela 12ª rodada do Paulista da Série A2, O Burrão venceu o então invicto São Bernardo 3  a 1 com três gols de Flávio Carioca.

Nessa partida,o E. C. Taubaté realizou sua melhor apresentação naquele campeonato. Além da aplicação da equipe, Flávio Carioca, que vinha em má fase, foi o destaque marcando os três gols taubateano, readquirindo a confiança.

10/03/2018 – Estádio Joaquim de Morais Filho

E. C. Taubaté 3 X 1 São Bernardo FC

E. C. Taubaté: Fabio; Jean, Diogo Borges, Donato e Bruno Ré; Raniele (Paulo Vitor), Elivelton e Kleiton Domingues (Rodrigo Soares); Natan, Flávio Carioca (Francisco Alex) e Wellington Melo – Técnico Marcelo Martelotte

Gols: Willian Lira (SB) aos 43′ e Flávio Carioca (T) penalti aos 46′ ambos no 1º tempo. Flávio Carioca (T) aos  10′ e aos 29′ do 2º tempo.

FLAVIO CARIOCA

Flávio Carioca comemora o segundo dos três gols marcados – foto: Rogério Marques/ECTaubaté

VEJA AQUI OS MELHORES MOMENTOS / BOLA PAULISTA

2 comentários sobre “E. C. Taubaté de goleadas histórica

  1. Parabéns, Moacir por esse registro magnífico. Penso que poucos “CLUBES”, não confundir com times, podem ostentar um registro iconográfico como esse. História, é para quem tem. Tradição que impõem respeito. Mais uma vez, Parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s