Dia do goleiro, guarda-redes, arqueiro, quíper/keeper

Sua função é jogar bem com as mãos evitando o gol. No futebol moderno, a posição evoluiu muito, atualmente além de saber jogar bem com as mãos, também tem que jogar com os pés, como um líbero

PARABÉNS A TODOS OS GOLEIROS DO NOSSO BRASIL

Hoje, 26 de abril é comemorado o dia do goleiro em nosso país. Homenagem ao grande goleiro Manga que brilhou no Sport Recife, Botafogo RJ, Nacional do Uruguai Internacional. Grêmio, Operário de Campo Grande, Coritiba, e Barcelona de Guayaquil, Seleção brasileira na Copa do Mundo de 1966.

Hailton Corrêa Arruda o Manga, que em 1955 aos 18 anos, estreou na equipe principal do Sport em um amistoso contra o Náutico, na Ilha do Retiro, nasceu em 26 de abril de 1937, esse o motivo da escolha da data.

PIZELLI – GOLEIRO DO E.C. TAUBATÉ

Nessa data recordamos vários nomes de grandes goleiros que defenderam o E. C. Taubaté. Relacionar os nomes seria impossível. Alguns nomes, Moreirinha, Zezão, Sérgio, Rossi, Amauri, Géia, Sérgio Valentin, Barrela, Wagner, Vitor, Solito, Cristiano, Chiquinho, Gisiel, Marcelo Martelotte,

Atualmente na comissão técnica do E. C. Taubaté, dois ex goleiros revelados em sua categoria de base. Gisiel e Martelotte, treinador de goleiros e técnico respectivamente.

Por isso contatamos um grande goleiro que nas temporadas de 1985, 1986 e 1987 defendeu a camisa do Burrão que falou para o blog moataubate.com

O GOLEIRO PIZELLI FALOU SOBRE ESSA DATA

Marcos Antônio Pizelli, o goleiro Pizelli, nascido em Piracicaba chegou ao E. C. Taubaté em 1985.

Sua estreia se deu em um amistoso interestadual contra o Colorado EC, equipe que quatro anos depois deu origem ao atual Paraná Clube.

No total foram 91 partidas em que o E. C. Taubaté teve Pizelli com a camisa de número 01,

Foram 40 jogos em 1985, 41 em 1986 e 10 jogos em 1987, quando foi defender o EC Lemense.

FICHA TÉCNICA DO JOGO DE ESTRÉIA DE PIZELLI NO E. C. TAUBATÉ

Data: 24.03.1985 – em Taubaté – SP

EC Taubaté 0x0 Colorado EC

Local: Joaquim de Morais Filho – Joaquinzão

Público: 592 pagantes e 58 menores – Renda: Cr$ 1 682 000,00

EC Taubaté: Pizelli; Jéferson, Ailton, Jair Gonçalves e Capone; Vandinho, Carlos Augusto e Ronaldo Moya (Lima); Paulo César (Parraro), Picolé e Sérgio Ramos – Técnico: José Amado Calazans

Colorado EC: Evandro; Alaor, Mario, Gilberto e Caio; Castor, Marcos (Souza) e Pacheco; Eudes (Cazuza), Flávio e Laco – Técnico: Zequinha

Árbitro: Donato Roberto Forcella – Árbitros auxiliares: Josué Ramos de Paula e João Batista da Silva

Cartão amarelo: Alaor (C)

Nesse vídeo, melhores momentos União FC e E. C. Taubaté em 1985, Pizelli estava em tarde inspirada.

Confira nas imagens resgatadas pela Memória Alvi Azul.

fotos: Arquivo Moacir dos Santos

Video: Memória Alvi Azul

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s