Taubaté Futsal luta, mas não passa à final da Copa LPF

Apesar do placar elástico o jogo foi de alto nível técnico

O Barão de Mauá vence o Taubaté Futsal pelo placar de 6 x 3 mas faltando três minutos para o fim da partida o Taubaté teve a chance de empate em um tiro livre de 10 metros, após a sexta falta cometida por Ribeirão, mas encontrou o goleiro Bim, que havia feito excelentes defesas durante o jogo, evitou o gol de empate.

Apesar da entrega de todos em quadra, o Taubaté Futsal não conseguiu chegar à sua quinta final consecutiva da Copa LPF. Fazendo valer o mando de quadra, o Barão de Mauá/Futsal Ribeirão tornou-se finalista com o placar de 6×3 a favor. O Taubaté Futsal, agora, foca na Liga Paulista.

Sabendo que só a vitória interessava, o Taubaté Futsal partiu para a pressão desde o apito inicial do jogo. Consciente da postura dos visitantes, o Futsal Ribeirão apostou em um sistema defensivo forte e contra ataques. Com dois chutes longos, de Ivan (aos 2 minutos) e Sono (aos 8 minutos), os donos da casa abriram vantagem. Sem outra alternativa, o Taubaté seguiu atacando e conseguiu diminuir em uma cobrança de falta ensaiada, onde Kauê Monteiro tocou para Ernandes, encostado na trave, marcar o primeiro do Taubaté, levando o placar de 2×1 para o intervalo.

Na volta, os dois times mantiveram suas posturas; assim como no primeiro tempo, quando o Taubaté mais pressionava, o Futsal Ribeirão conseguiu marcar mais uma vez, com Beto, aos 3 minutos da etapa final. Sono, mais uma vez, aos 9 minutos e 30 segundos, marcou o quarto gol dos mandantes. A vantagem fez com que o Taubaté Futsal lançasse o goleiro linha a partir dos 10 minutos; o efeito foi imediato, com um pênalti marcado logo no primeiro ataque e convertido por Jojô. Ernandes marcou o terceiro gol do Taubaté aos 13 minutos e esquentou o clima da partida.

Aproveitando o excesso de faltas do Futsal Ribeirão, que estourou o limite de cinco coletivas, o Taubaté Futsal teve um tiro livre que poderia empatar o jogo, mas foi defendido pelo goleiro. Sem outra opção, os visitantes seguiram atacando e viram os donos da casa marcarem duas vezes, com Pidaia e mais um de Beto, no último minuto, aproveitando recuperações de bola durante a ação do goleiro linha para Taubaté. No final do jogo, 6×3 para o Barão de Mauá/futsal Ribeirão e a vaga para enfrentar o Tempersul/Dracena na final da Copa LPF 2021, que acontece no próximo dia 10 de julho.

Elenco:

Goleiros: Kauê, Nico, Pedro e Vitão

Fixos: Jojô, Otávio, Victor Cardelli e Kauê Monteiro

Alas: Alex Lima, Gilbert, Gustavo, Lelê, Peretta, Sheldon e Vitinho

Pivôs: Lucas Vollet, Nenê e Ernandes

FINAL COPA LPF
10/07 (sab) 16h00

Barão de Mauá/Futsal Ribeirão x Tempersul Dracena

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s