Handebol – Brasil conquista título com técnico e atletas taubateanos

É campeão! O Brasil venceu a Argentina por 20×17 e conquistou de forma invicta o Sul-Centro de Handebol, neste sábado, no Ginásio Geraldão, no Recife.

A equipe de Handebol brasileira mais uma vez conquistou o título  de Campeão da América na disputa do Sul-Centro masculino de handebol 2022 que aconteceu em Recife.

Brasil campeão Argentina Campeonato Sul-Centro Americano de handebol Rangel Rogério Moraes

A final aconteceu neste sábado (29) quando o Brasil derrotou a Argentina 20X17. O primeiro tempo terminou empatado 10 a 10.

E nesse novo título o Handebol Taubaté esteve presente com atletas e membros da comissão técnica.

No comado da equipe o técnico Marcus Tata e André Silva o auxiliar técnico.

Taubaté também cedeu atletas para o selecionado, o central Denys Barros e os pontas Cleber Andrade Gui Torriani.

Brasil e Argentina já haviam garantida classificação para ao Mundial de 2023, que será disputada na Alemanha e Suécia. Mas pelo titulo conquistado a Seleção Brasileira  terá situação no sorteio que definirá as chaves.

Jogos do Brasil

25/01 – Brasil 46X 17 Paraguai

26/01 – Brasil 49 X 13 Costa Rica

27/01 – Brasil 31 X 22 Chile

Semifinal

28/01 – Brasil 48 X 28 Uruguai

Final

29/01 – Brasil 20 X 17 Argentina

Parabéns a todos por mais esse titulo.

fotos Bruno Ruas/ CBHb

O JOGO

Em um jogo eletrizante do início ao fim, com as duas equipes se revezando no placar, os Guerreiros demonstraram experiência e souberam aproveitar as oportunidades para administrar a partida e se superar quando estavam atrás no marcador. Além disso, o Brasil contou com uma noite espetacular do goleiro Rangel, que fez pelo menos dez defesas impressionantes e que contribuíram diretamente para o resultado. O artilheiro do jogo foi o ponta Rudolph, com cinco gols. Gustavo e Chiuffa marcaram quatro vezes. O MVP escolhido pela organização técnica do evento foi o pivô Rogério, que ao receber a placa fez questão de chamar o goleiro Rangel e entregar a honraria, demonstrando que o goleiro foi mesmo o diferencial da equipe na final.

O jogo que definiu o campeão do Sul-Centro Recife 2022 começou com tudo. A Argentina abriu o placar logo no primeiro lance, mas depois viu Gustavo marcar duas vezes e virar o placar. Logo em seguida, Chiuffa fez mais três gols, fazendo 5×3. Os Hermanos empataram o jogo em 55 com Parker e só não virou porque Rangel fez duas grandes defesas. Depois disso, o Brasil marcava o gol e a Argentina empatava em seguida, até fechar os 30 minutos iniciais em 10×10.

No segundo tempo, a Argentina voltou muito aguda no sistema ofensivo. Tanto que marcou logo dois gols, fazendo 10×12. Mas parou por aí. Depois disso passou 11 minutos sem marcar. Os guerreiros aproveitaram esse momento para virar para 14×12, com Chiuffa, Gustavo, Petrus e João. Mas o adversário não estava derrotado e logo virou mais uma vez o placar para 14×16.

Nos 15 minutos finais, o Brasil marcou com Gustavo e Rudolph, duas vezes. O placar marcava 17×17, quando a Argentina tomou dois minutos. A Seleção aproveitou o momento e virou com Haniel, fazendo 18×17. Os Hermanos tiveram a chance de empatar em um 7m, mas Bombom, que ainda não tinha entrado na partida, foi escolhido para tentar defender o arremesso. E não deu outra. Ele defendeu e não permitiu um novo empate do adversário.

Nos dois minutos finais, Rangel voltou a defender três bolas impossíveis e viu Rudolph e Haniel fecharem o placar em 20×17. Depois disso foi só comemorar junto com a torcida, que compareceu no limite permitido pelas regras sanitárias, no Geraldão.

CBHb

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s