E.C. Taubaté empata com o Velo no Joaquinzão

O E.C. Taubaté não conseguiu a vitória em casa e mais uma vez empatou no Joaquinzão. Desta vez contra o Velo Clube 2 a 2.

Donato comemora o gol de empate

O primeiro tempo foi abaixo da critica. Um time sem motivação, errando passes, com dificuldades em sair da defesa, vendo um adversário que fez marcação no campo de ataque e se aproveitou dos erros gritantes do E.C. Taubaté para fazer dois gols em menos de 9 minutos de jogo.

O primeiro aos 8 minutos com Leonardo Gobbo que aproveitou cobrança de escanteio, houve um desvio no primeiro pau e Leo próximo à arca de pênalti, livre de marcação, mandou de pé direito pra o gol, abriu o marcador. Um minuto depois, a defesa taubateana saiu errado pela direita, a bola é tocada na entrada da área para Felipinho que não perdoou ampliando 2 a 0.

O poderia ser pior, o Velo ainda criou outras oportunidades de gol, com aos 12’ novamente com Leo Gobo, aos 19’ com Kayo Soares, aos 39’ com Lucas Duni e aos 46’ com Felipinho.

O Taubaté criou apenas duas oportunidades de gol com Jeferson Lima aos 20’ e Matheus Nunes aos 31’.

“Foi muito ruim, muito abaixo, até assustador no sentido que nós sofremos dois gols rapidamente e não tivemos poder de reação foi a análise do treinador Marcelo Martelotte, ao final da partida,  com relação ao primeiro tempo do E.C. Taubaté.

Já no segundo tempo, o treinador alterou sua equipe que melhorou em campo e no esquema de três zagueiros, passou a agredir o adversário.

A equipe voltou com três modificações. Levi em lugar de Bambam, Robertinho substituiu Marcos Aurélio e Guilherme Garré em lugar de Claudinho.

Guilherme Mattis na marcação

Apesar de melhor em campo desde o inicio do segundo tempo, o Taubaté tinha dificuldades para concluir as jogadas de ataque que eram criadas e com excesso de bolas cruzadas, encontrava a zaga adversária bem postada que tirava as bolas de sua área.

Aos 16’ o treinador Marcelo Martelotte foi para o tudo ou nada fazendo entrar Garcez em lugar de Thiago Primão, fortalecendo ainda mais o setor ofensivo da equipe.

Já o treinador Fahel Junior do Velo Clube, procurava mexer em sua equipe buscando se fechar na defesa e tentar se aventurar nos contra ataque. Aos 12’ tirou Pedrinho colocando Erico Di Maria, Aos 19’ foi a vez de entrar Franco em lugar de Felipinho  e Jotape em lugar de Andrade.

Em uma boa jogada pela esquerda do ataque o Taubaté conseguiu um pênalti, quando aos 31’, Guilherme Carré lançou o atacante Garcez que ganhou na velocidade do zagueiro, entrou na área e sofreu falta do goleiro Murilo Prates. Thiaguinho cobrou com perfeição e marcou o primeiro gol taubateano.

Vendo areação do Taubaté, o técnico Fahel Junior procurou fechar de vez sua equipe, fazendo entrar Niander  e Renan em substituindo Eurico e Lucas Duni.

O técnico Marcelo Martelotte vendo a reação de sua equipe, também modificou sua equipe. Aos 41 minutos, tirou Buchecha e colocou Luís Fernando.

Antes aos 41’ Levi foi até a linha de fundo e bateu cruzado, o goleiro ao tentar segurar deixou a bola escapar pela linha de fundo. Na cobrança a defesa tira e no rebote, Garré tocou para Luiz Fernando que finalizou  o goleiro desviou com a bola tocado na trave.

Aos 47’, escanteio pela esquerda para o Taubaté. Matheus Nunes cobra e Donato de cabeça desvia a bola para o gol empatando o jogo.

Ficha Técnica

Campeonato Paulista Série A2 – rodada

16/02/2022 – 19h00 – Estádio Joaquim de Morais Filho

E.C. Taubaté 2 X 2 Velo Clube

E.C. Taubaté: Felipe; Buchecha (Bruno Souza), Guilherme Mattis, Donato e Matheus Nunes; Jeferson Lima, Thiago Primão (Luís Fernando) e Marcos Aurélio (Guilherme Garré); Claudinho, Thiaguinho (Levi) e Bambam  – Técnico: Marcelo Martelotte.

AE Velo Clube: Murilo Prates; Ynaiã, Leo Gobo, Alexandre Carvalho e Jefferson Recife;
Eurico (Niander), Zé Andrade (João Pedro), Kayo Soares e Felipinho (Franco); Pedrinho (Eric Di Maria) e Lucas Duni (Renan Barcelos) – Técnico: Fahel Junior

Gols: Léo Gobo (V) aos 8’ e Felipinho (V) aos 9’ do primeiro tempo. Thiaguinho (T) aos 31’ e Donato (T) aos 47’

Árbitro: Adriano de Assis Miranda – Assistentes: Leonardo Tadeu Pedro e Bruno Silva de Jesus.

Cartões amarelos: Felipinho (V), Lucas Duni (V), Ynaiã (V), Donato (T), Thiaguinho (T) e Buchecha (T).

 Renda: R$ 10.320,00 – Público: 894.

VEJA OS GOLS DA PARTIDA

fotos: Bruno Castilho/EC Taubaté

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s