O TIME NÃO É FRACO, MAS………

ENTÃO, QUAL O MOTIVO DESSA FRAQUÍSSIMA,COMPROMETEDORA E ASSUSTADORA CAMPANHA?

Com dez rodadas no campeonato paulista da Série A2, o E.C. Taubaté mostra a pior campanha desde seu retorno na A2 em 2016. Em 10 jogos, apenas uma vitória, cinco empates e quatro derrotas, somando até agora oito pontos na tabela de classificação dos 30 disputado. Pouco não?

Só a titulo de comparação vejam no quadro abaixo, as campanhas do Taubaté nos anos de 2016 a 2022, considerando somente as 10 primeiras rodadas.

Há que se levar em conta que, em 2016 e 2017 o campeonato da A2 possuía 20 equipes. A partir de 2018 passou a ter 16 equipes.

Os dados abaixo mostram que, em 10 rodadas a presente temporada é a pior e bem próxima a de 2021, que foi um sufoco até as ultimas rodadas, quando o Taubaté corria o risco do rebaixamento.

 

A luz amarela está cada vez mais forte. O próximo jogo em Osasco diante do Audax passou a ser o mais importante desta temporada.

Chegou no limite do tempo. Até quarta-feira tem que haver uma solução para o grande problema criado com essa campanha pífia.

E onde esta essa solução?

ELA ESTÁ DENTRO DE CAMPO E SÓMENTE OS JOGADORES PODEM RESOLVER.

Precisam aproveitar esses dias que antecedem a partida, o tempo que estarão juntos durante na concentração para o jogo e, entre eles provocar uma conversa sincera e objetiva, cair na realidade que o elenco, é formado por vários atletas que conquistaram vários acessos, não só na A2, mas também em campeonatos brasileiros não sendo possível uma campanha como essa. Precisam se posicionar.

Juntamente com os atletas há que se incluir nesse posicionamento em conjunto em busca da solução dentro de campo, o diretor de futebol Eduardo Fernando Alves que formou esse elenco. Os jogadores devem também a ele uma satisfação em relação ao custo beneficio até aqui.

Quanto ao comando técnico, Marcelo Martelotte vem buscando colocar em campo as opções que possui no elenco. Vem tentando altera a a equipe em busca da melhor formação. Prova disso que no jogo contra a Portuguesa em Santos, tinha no banco de reservas nada mais nada menos que, Donato, Marcos Aurélio, Bambam. Contra o Juventus, novamente no banco Marcos Aurélio e Bambam, que entraram durante o jogo e os minutos em estiveram campo foram os melhores desde suas chegadas. Mas eles não vieram para suplentes e sim titulares e por isso, estão em débito com o clube, com a torcida e precisam mostrar futebol dentro de campo a altura de ganhar a confiança do treinador serem escalados como titulares. Isso é o mínimo para o atleta profissional. Até aqui parece ficar claro que o técnico Douglas Leite não teve culpa alguma na campanha no início do certame.

Por fim o presidente Gilson deve exigir do diretor de futebol que a solução seja alcançada de imediato. Afinal a diretoria proporciona boa estrutura a todos. Prova disso que no jogo em Monte Azul, a equipe viajou dois dias antes. E sabem quantas equips da Série A2 viajaram dois dias antes para Monte Azul. Até hoje apenas duas, EC Taubaté e Portuguesa Desportos.

O presidente não joga mais futebol (uma pena que encerrou a carreira) e nem seus diretores entram em campo para decidir uma partida. A obrigação da diretoria é proporcionar boa estrutura e cumprir com os compromissos assumidos com o elenco. Necessário se faz que a diretoria cobre um posicionamento a nível profissional do diretor de futebol e de seu elenco de jogadores, para proporcionar uma campanha digna que merece o E.C. Taubaté e seus torcedores.

Dialogo, conversa, olhar no olho do outro…………..

Aliás aqui uma observação: Merecem satisfação os torcedores que marcam presença em campo não só no Joaquinzão, com também nos jogos fora. Só pra registrar, mesmo com essa campanha abaixo da crítica, torcedores marcaram presença em todos os jogos fora, inclusive na cidade de Monte Azul distante a mais de 500 quilômetros de Taubaté.

Os que não apoiam o time, não marcam presença no estádio e só criticam, não tem o direito de exigir qualquer satisfação.

Chegou a hora decisiva para o E.C. Taubaté. Hora de decidir sobre o futuro do campeonato e como já registrado no texto, os jogadores são os que podem proporcionar vitórias dentro de campo. O bola está com vocês !

Pra finalizar, o torcedor pode e deve cobrar melhores resultados dentro de campo, mas sem exagero, com cuidado para não passar dos limites, sempre respeitando o ser humano evitando o desrespeito. Mas a cobrança tem que existir.

Tomara que o elenco, aproveite esses dois dias que antecedem o próximo jogo e se feche em um único objetivo, mostrando dentro de campo, um futebol de melhor qualidade, empenho e raça, como foi o segundo tempo contra o Juventus pois, currículo pra isso possuem.

Caso contrário, seria melhor aproveitar a garra, a vontade dos garotos da base, que já demonstraram condições técnicas de vestir a camisa do E.C. Taubaté. Incluo aí juntamente com Buchecha que vem jogando, João Salles, Ygor, Mateus Peloggia etc.

Moacir dos Santos

MTBE  41299

foto: Caique Toledo/EC Tauabté

9 comentários sobre “O TIME NÃO É FRACO, MAS………

  1. Já que SUBIR está praticamente longe da nossa realidade os jogadores tem a OBRIGAÇÃO DE LUTAR MUITO para que nosso glorioso Burrão, onde meu tio Ivan foi campeão, não CAIA.
    HONREM NOSSO MANTO ALVIAZUL – É O MÍNIMO QUE VOCÊS TEM A OBRIGAÇÃO DE FAZER, Coice neles, Burrão

    Curtido por 1 pessoa

  2. Críticas sempre vão ter pois elas estão no nosso cotidiano e hora de incentivar e resolver os problemas em questão que está a tempo ainda…Boa sorte a todos..Avante Burrão

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s