Taubaté vira o placar, perde Bambam e toma o empate no último minuto

O E.C. Taubaté não passou de um empate na noite deste sábado (5), quando recebendo o Primavera tomou o gol em cobrança de pênalti logo no inicio do jogo, reagiu com bambam que marcou dois gols um em cada tempo, mas permitiu o empate aos 45’ em nova falha do setor defensivo. Placar final 2 a 2 voltando o Taubaté, a se complicar na tabela de classificação.

Com 11 pontos e vindo de uma vitória na ultima quarta feira fora de casa, o E.C. Taubaté entrou em campo apoiado pela sua torcida em busca de três pontos que, além de dar adeus ao risco da zona de rebaixamento, traria novamente as chances de uma possível classificação para a próxima fase.

Aos 3’ a zaga taubateana não tomou o devido cuidado e Luís Fernando cometeu penatli, cobrado por Alecsandro abrindo o marcador.

O Taubaté continuou jogando em busca do ataque e não demorou para empatar. Aos 12’, Bambam pela esquerda, recebeu lançamento comprido de Claudinho, entrou na área e na saída do goleiro mandou para o gol, 1 a 1.

No finalzinho do primeiro tempo, Marcelo Martelotte foi obrigado a mexer na equie. Colocou o zagueiro Donato em lugar de Guilherme Mattis contundido, teve que deixar o gramado.

No retornou para o segundo tempo, o Taubaté voltou com Matheus Peloggia em lugar de Luís Fernando.

Logo a um minuto, o Taubaté mostrava que queria a virada no placar. Claudinho dentro da área finalizou, o goleiro André defendeu parcialmente, Bambam pegou o rebote, se livrou de duas marcações e bateu forte de pé direito para defesa milagrosa do goleiro que agarrou a bola no chão.

E a virada veio aos 12’ quando em boa enfiada de bola por Peloggia que encontrou Matheus Nunes que cruzou na medida, para Bambam marcar  mais um. Taubaté 2 a 1.

E parecia que o terceiro gol taubateano poderia acontecer. Bambam sempre atento às bolas longas ganhava na corrida de seus marcadores e buscava mais um gol. Só que por volta dos 30 minutos,  em uma dessas jogadas de velocidade, o artilheiro taubateano sentiu contusão ficou no gramado e foi retirado de campo sem condições de retornar.

Como as possíveis alterações dentro do jogo já haviam sido processadas o Taubaté passou a jogar com um a menos e, com a ausência de bambam, o atacante mais perigos, ficou sem alternativa ofensiva, recuando o time que a partir dos 31 minutos passou a ser sufoco para a defesa do Burrão.

Um minuto depois o  Primavera que já havia criado algumas chances perigosas, perdeu grande oportunidade de empatar quando, Willian Rocha, dentro da área, chutou  errando por cima do gol.

Nos minutos finais o adversário tomou conta do jogo, passou a jogar no campo de ataque e aos 45’ em uma falha da defesa taubateana surgiu o gol de empate.

O lance teve inicio em uma cobrança de falta pela meia direita cometida por Matheus Nunes em cima de Samuel. Na verdade foi mais uma forçada no lance em que o árbitro acabou marcando a falta. Vander cobrou cruzado, a defesa taubateana ficou olhando a trajetória da bola, ninguém subiu e o próprio Samuel, aproveitando o espaço deixado entre a zaga e o goleiro Felipe, subiu sem marcação e de cabeça empatou o jogo.

 O arbitro ainda concedeu mais seis minutos de acréscimo e foi um verdadeiro sufoco para segurar o empate.

Com o empate o E.C. Taubaté soma 12 pontos na tabela, permanecendo na 12ª colocação enquanto o Primavera vai a 13 também mantendo sua classificação. A rodada será completada neste domingo quando então a nova posição da tabela será definida.

MISSÃO AMARGA

Por deixar de cumprir a missão em casa, o E.C. Taubaté terá pela frente difíceis compromissos e ainda terá que somar pontos para afastar qualquer possibilidade de terminar nas ultima colocações da tabela evitando o risco do rebaixamento.

Quarta-feira, dia 9 enfrenta a líder Portuguesa Desportos no Estádio Dr. Oswaldo Teixeira Duarte em São Paulo, às 20h00.

Depois no sábado, dia 12 recebe no Joaquinzão o XV de Piracicaba às 18h30.

E na última rodada, dia 19, vai até Rio Claro enfrentar o time da casa em jogo marcado para às 15h00.

Que o nosso Burrão conquiste pelo menos uma vitória nesses dois ultimo compromissos, para não depender de somar pontos no ultimo jogo em Rio Claro.

12ª Rodada – Campeonato Paulista Série A2

05/03/2022 – 18h30 – Estádio Joaquim de Morais Filho

E.C. Taubaté 2 X 2 E.C. Primavera

E.C. Taubaté: Felipe; Robertinho (João Salles), Guilherme Mattis (Donato), Doni e Matheus Nunes; Jeferson Lima, Guilherme Garré, Luis Fernando (Matheus Peloggia) e Marco Aurélio (Thiago Primão); Bambam e Claudinho – Técnico: Marcelo Martelotte.

E.C. Primavera: André; João Vitor, Rodrigo Arroz, Willian Rocha e Daciel; Pablo (Santiago), Vander (Léo), Daniel Cruz Tiago) e Wagner (Samuel); Felipe Cruz e Alecsandro – Técnico: Wilson Júnior.

Gols  1º tempo: 3’ Alecsandro (P) de pênalti e Bambam (T) aos 12’. 2º tempo: Bambam (T) aos 20’ e Samuel(P) aso 45’.

Árbitro: Ricardo Bittencourt da Silva – Assistentes: Risser Jarussi Corrêa e Jose Lucas Candido de Souza –  Quarto árbitro: Rodrigo Gomes Paes Domingues.

Cartões amarelos: Doni, Thiago Primão, Robertinho e Matheus Peloggia pelo Taubaté. João Vitor e Daciel ambos do Primavera.

Marcelo Martelotte falou depois do empate

Demais resultados destre sábado

Oeste 0 X 0 Portuguesa

Lemense 0 X 1 XV de Piracicaba

São Caetano 0 X 3 São Bento  

Jogos de amanhã – Domingo:

Monte Azul x Juventus (10h00), Linense x Velo Clube (10h00), e Portuguesa Santista x Audax (10h00), Rio Claro x Red Bull (15h00)

Fotos: Bruno Castilho/EC Taubaté

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s